Os Arpejos são as notas mais usadas para solos e arranjos no forró. E a melhor notícia é que também são mais simples de executar…

Descubra como improvisar no forró e fazer sanfonados com Arpejos e como isso vai também te dar mais agilidade de brinde!

PREÇO PROMOCIONAL DE 150,00R$ POR APENAS 47R$

08 de Fevereiro

08 de Fevereiro

100% Online

Material em PDF

Muitas pessoas me perguntam qual a principal escala do forró?

Acho que a pergunta seria quais as principais notas para conseguir improvisar em qualquer forró…

A resposta é: ARPEJOS.

Arpejo é simplesmente pegar as notas do acorde, por exemplo C(Dó maior): do - mi - sol e fazer vários solos, arranjos e rítmicas com apenas essas 3 notas!

É tipo pegar um limão e fazer uma limonada…

Outro fato interessante é que 60 a 80% dos solos, arranjos e melodias do forró são em cima de Arpejos ou notas dos acordes. Então quando você improvisa com Arpejos, ou faz sanfonados, arranjos de Arpejos no forró, seus solos vão soar mais autênticos e avançados.

Exemplos de solos de forró que usam Arpejos: Numa Sala de Reboco, Xote das Meninas, De Mala e Cuia, Nenem Mulher, Um Neném, O Seu Olhar não mente, Forrobodo, Na Ponta do Pé, etc.

Os exemplos acima são solos, mas na questão de sanfonados e arranjos, acredito que seja improvável qualquer música de forró não ter um momento com Arpejos.

A Notícia Ruim

Acho que a pergunta seria quais as principais notas para conseguir improvisar em qualquer forró…

A resposta é: ARPEJOS.

Arpejo é simplesmente pegar as notas do acorde, por exemplo C(Dó maior): do - mi - sol e fazer vários solos, arranjos e rítmicas com apenas essas 3 notas!

É tipo pegar um limão e fazer uma limonada…

Outro fato interessante é que 60 a 80% dos solos, arranjos e melodias do forró são em cima de Arpejos ou notas dos acordes. Então quando você improvisa com Arpejos, ou faz sanfonados, arranjos de Arpejos no forró, seus solos vão soar mais autênticos e avançados.

Exemplos de solos de forró que usam Arpejos: Numa Sala de Reboco, Xote das Meninas, De Mala e Cuia, Nenem Mulher, Um Neném, O Seu Olhar não mente, Forrobodo, Na Ponta do Pé, etc.

Os exemplos acima são solos, mas na questão de sanfonados e arranjos, acredito que seja improvável qualquer música de forró não ter um momento com Arpejos.

A Notícia Boa

Se você aprende uma estrutura de improvisação no arpejo você replica em centenas de músicas de forró.

Mesma coisa se você aprende também uma frase padrão de forró, e aprende como aplica-lá, pronto! Boom! Você aplica em centenas de músicas de forró.

Então se você deseja descobrir os segredos para fazer sanfonados e improvisos com Arpejos de Forró se inscreva no Workshop ARPEJOS PRA FORRÓ!

Você vai entrar no mundo dos improvisos no forró da maneira mais simples que existe. Se você já improvisa, agora vai ter uma arma a mais na sua improvisação. Além disso vai melhorar sua lingagem no forró e ganhar agilidade nos dedos

PREÇO PROMOCIONAL DE 150,00R$ POR APENAS 47R$

O QUE VOCÊ VAI APRENDER NESSE DESAFIO:

Se cadastre aqui abaixo para receber os links das aulas no seu e-mail e Whatsapp:

Com quem você aprenderá?

Ricardo Brito

Professor Ricardo Brito. Tecladista profissional desde 2000 e ensino forró no teclado online desde 2016. Já ajudei centenas de alunos a tocarem forró no teclado em diversos níveis: desde o nível zero até ao avançado.

Gosto de ir direto ao ponto para meus alunos e sou alucinado por ensinar teclado na prática, de maneira simples e objetiva. 

Sou formado em Piano Clássico na UFPB. Então conheço o mundo de tocar nas festas de forró, barzinho, shows e conheço o mundo acadêmico. Com isso posso extrair o melhor dos dois mundos e entregar mastigado para meus alunos.

Se cadastre aqui abaixo para receber os links das aulas no seu e-mail e Whatsapp:

Tecladistas Brasileiros – 2023